NotÍcias

Imprimir esta matéria Enviar para um amigo Ver todas as matérias

Serviços de streaming nos EUA terão que aumentar em 44% pagamento de direitos autorais

Publicado em 30-01-2018

Texto: Redação Efrata Music

Tags: direitos autorais  streaming  

Serviços de streaming, como o Spotify, terão que pagar mais em direitos autorais - Foto: Reprodução
Serviços de streaming, como o Spotify, terão que pagar mais em direitos autorais - Foto: Reprodução

Os compositores dos EUA tiveram uma grande vitória sobre os serviços de streaming de música, como Spotify e Apple Music.

A taxa que as companhias destinam a direitos autorais teve um aumento substancial, de 10,5% para 15,1% – crescimento de 43,8%. O reajuste, aprovado pela Comissão de Direitos Autorais (Copyright Royalty Board – CRB) americana, terá que ser pago ao longo dos próximos cinco anos.

David Israelite, presidente da Associação Nacional de Editoras de Música (NMPA, na sigla em inglês), comemorou a decisão: “Estamos empolgados pelo aumento de 43,8% para os compositores — o maior já concedido pela CRB em toda a história.”

Apesar da conquista, os autores não tiveram todas as suas reivindicações atendidas. Eles também queriam um pagamento cada vez que a música fosse tocada, o que faria com que os hits rendessem muito mais do que canções menos executadas.

Comentários

Copyright Efrata Music Editora. Desenvolvido por Universo Produções.

Visite o canal da Efrata Music no YouTube e assista a vídeos exclusivos.