NotÍcias

Imprimir esta matéria Enviar para um amigo Ver todas as matérias

Filha consegue interdição judicial de João Gilberto

Publicado em 17-11-2017

Texto: Redação Efrata Music

Tags: política e cultura  direitos autorais  

Bebel e João em registro de junho: ela mora em Nova York e está no Rio para cuidar do pai - Foto: Reprodução/Instagram
Bebel e João em registro de junho: ela mora em Nova York e está no Rio para cuidar do pai - Foto: Reprodução/Instagram

A cantora Bebel Gilberto conseguiu na Justiça a interdição do pai, João Gilberto, de 86 anos. A decisão, publicada no Diário de Justiça do Rio de Janeiro, dá a curatela provisória de 120 dias, período no qual ela poderá gerir a vida pessoal, patrimonial e financeira do músico, ícone da bossa nova.

A interdição é uma medida judicial para pessoas declaradas incapazes, total ou parcialmente, de praticar atos da vida civil, como movimentar dinheiro.

Embora o processo corra em segredo de Justiça, o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, divulgou que a ação de Bebel visa “pôr fim aos negócios temerários que João vinha sendo orientado a firmar, que resultaram na atual condição de quase miserabilidade do artista”.

De acordo o UOL, João vem enfrentando dificuldades financeiras desde o cancelamento de sua turnê de 2011, quando completou 80 anos. O portal afirma que o músico chegou a receber os adiantamentos, mas não devolveu o dinheiro após desistir dos shows.

Para tentar amenizar a dívida, João teria assinado empréstimo de R$ 10 milhões com o banco Opportunity, em abril de 2013. Como garantia, a empresa ficou com 60% dos direitos autorais dos quatro primeiros discos do cantor.

Segundo o jornal O Globo, o empréstimo se tornou a origem das desavenças entre dois lados da família – o dos filhos mais velhos de João Gilberto, João Marcelo e Bebel, e o da atual companheira do artista, Claudia Faissol, com quem ele tem um filha, caçula. Claudia teria costurado o acordo com o banco para sanar os problemas financeiros do músico.

No entanto, em carta enviada ao Globo, Bebel Gilberto – que mora em Nova York e está no Rio para cuidar do pai – mostra que a questão não foi resolvida. O texto, assinado pela advogada da cantora, Simone Kamenetz, relata que João “está enfrentando um processo de despejo, além de responder a processos por não ter comparecido a compromissos profissionais contratados por terceiros em seu nome, o que acarretou em condenações indenizatórias em valores superiores a sua baixa renda”.

Outro problema é a fragilidade física de João, motivo alegado para a não realização da turnê em 2011. Segundo Bebel, a saúde do cantor vem se deteriorando, “sem que os cuidados necessários estivessem sendo promovidos”.

Comentários

Copyright Efrata Music Editora. Desenvolvido por Universo Produções.

Visite o canal da Efrata Music no YouTube e assista a vídeos exclusivos.