NotÍcias

Imprimir esta matéria Enviar para um amigo Ver todas as matérias

Paul McCartney e Sony terminam disputa por direitos autorais dos Beatles

Publicado em 10-07-2017

Texto: Redação Efrata Music

Tags: direitos autorais  

Paul McCartney quer reaver os direitos sobre suas canções em 2018, 56 anos após o lançamento do primeiro single dos Beatles
Paul McCartney quer reaver os direitos sobre suas canções em 2018, 56 anos após o lançamento do primeiro single dos Beatles

O cantor e compositor Paul McCartney e a Sony/ATV Music Publishing chegaram a um acordo confidencial numa ação que envolve os direitos autorais de mais de 260 músicas compostas pelo artista britânico e gravadas por ele em carreira solo ou com os Beatles.

Em janeiro, conforme noticiado na época pela Efrata Music, McCartney entrou com processo judicial em um tribunal federal de Nova York contra a Sony/ATV, joint-venture criada em 1995 pela multinacional japonesa e pelo cantor Michael Jackson. A empresa detém os direitos de milhões de obras de alguns dos maiores nomes do mundo da música.

De acordo com o portal G1, citando documentos revelados no fim de junho, Michael Jacobs, advogado de McCartney, pediu a anulação do caso, em nome do artista e da Sony/ATV. O juiz distrital Edgardo Ramos atendeu ao requerimento, mas concordou em reanalisar o processo se houver contestação.

McCartney, de 75 anos, quer reaver os direitos sobre suas canções, feitas sozinho ou com John Lennon, a partir de outubro de 2018, quando se completam 56 anos de lançamento do primeiro single dos Beatles, com as faixas Love me do e P.S. I love you.

Nos Estados Unidos, a legislação prevê que, após esse período, os autores podem reivindicar os direitos de suas obras, se lançadas antes de 1978. Depois, o prazo é menor: 35 anos.

Comentários

Copyright Efrata Music Editora. Desenvolvido por Universo Produções.

Visite o canal da Efrata Music no YouTube e assista a vídeos exclusivos.