Técnica & Instrumentos

POR MARCELO TAVARES
marcelotavares@efratamusic.com.br
Imprimir esta matéria Enviar para um amigo Ver todas as matérias

Os ritmos latinos em nossa música

Publicado em 15-12-2006

Tags:   

O baterista Ignácio Berroa

Falaremos sobre a aplicação dos ritmos latinos em nossa música.

Atualmente, o estudo dos ritmos latinos na bateria vem cada vez mais se intensificando. Em determinado estágio, os estudantes acabam se interessando pela prática e o conhecimento deles.

Entre os métodos que abordam tal gênero, o grooven in clave do baterista Ignácio Berroa merece destaque. O livro é direcionado para estudantes de níveis intermediário e avançado, dividido em sete seções e com uma proposta diferente da maioria dos métodos, que enfoca somente os ritmos latinos mais usuais.

O autor prioriza a prática da clave, que define como o fundamento mais importante da música cubana. Segundo Berroa, o ideal é que o estudante assimile o conceito para que possa aplicar em qualquer linguagem musical. Além disso, ele acredita que o domínio da clave propicia também o aumento do vocabulário, tornando o baterista mais versátil.

O autor desenvolve os exercícios de maneira simples. Primeiro, explora combinações entre prato e bumbo. Depois, prato e caixa, finalizando com uma interação entre prato, caixa e bumbo, com o uso progressivo de grupos de semínimas e colcheias.

Atenção: a divisão da clave é mantida sempre no prato md/me, forma que lembra um típico método jazz (tipo Jim Chappin). De acordo com Berroa, essa é uma maneira eficaz de incutir no estudante o sentido musical da clave, pois, a partir daí, ele terá mais facilidade em aplicar a divisão com qualquer um dos membros.

Até a próxima!

Marcelo Tavares é músico, arranjador e produtor

Comentários

Copyright Efrata Music Editora. Desenvolvido por Universo Produções.

Visite o canal da Efrata Music no YouTube e assista a vídeos exclusivos.